domingo, 28 de dezembro de 2008

Tédio

Eu tô assim.
Não sei o que tenho vontade de fazer, nada parece me entusiasmar. Tudo que penso em fazer me dá uma imensa preguiça. Algumas coisas até começo, mas paro na metade do caminho.
Queria um layout novo e comecei a procurar, mas estou no meio da busca e já perdi o entusiasmo também. Tentei reabrir o flickr, mas não tenho paciência para esperar carregar as fotos. Os planos de viajar, de fazer alguma coisa, todos frustrados ou esquecidos, perderam importância. Nada está me prendendo a atenção ou a empolgação por mais de 5 minutos.
Affe, tá tudo tão sem graça...
E de repente vejo que o que está sem graça sou eu.
E pior que não tenho motivo nenhum para estar assim.
Pensando bem, tenho um motivo sim.
Mas tenho que aprender a não ser babá dos outros também, e parar de querer abraçar o mundo e os problemas dos outros. Principalmente aqueles problemas que a pessoa causou e causa por puro egoísmo.
E ainda descobrir segredos que preferia não ter descoberto. E não poder comentar com ninguém. E ter de lidar com isso.
Droga.
Ano, acaba logo.
Deus, me ajude por favor.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Natal!

E aí moçada!
Tudo bem?
Passaram um feliz natal?
Eu sim!

Graças a Deus o natal foi de muita paz aqui em casa, passei com meus familiares (pais e irmãos), tudo tranqüilo, tudo em paz. A coisa mais linda foi a cara de surpresa da Nany quando voltamos de "ver as bombas lá fora" e os presentes estavam todos embaixo da árvore. E ela fez questão de ler os cartõezinhos e entregar um por um! (Esses "papais-noéis" fizeram, muito providencialmente, todos os cartões em letra de forma rsrsrs).

Agora que já foi, posso revelar o que fiz. Graças à fofa Sandra, que tinha em seu blog esta receita fácil e linda de uma bolsinha chamada Drawstring Bag.
Vejam como ficaram minhas Drawstringuinhas:

Adorei fazer! Foi ótimo para me aventurar no uso de agulha circular, e também de fazer esse cordão chamado i-cord para fechar (tá, recorri a um videozinho. São Youtube, conhece? rsrsrs).
O tema que escolhi este ano foi: cultura e chocolate. Então, cada saquinho continha duas trufas e um cd, dvd ou livro. Todos em casa amaram! E eu viciei nas Drawstrings, ando pensando em fazer uma para mim também.

A grande surpresa de Natal: minha irmã e o namorado surpreenderam a todos nós com seu noivado. Sim, agora tenho uma irmã noiva! Hahahaha que legal.

E eu, aproveitando meu feriado-sexta emendada-fim de semana. Isso que é vida!

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

Post de Natal

É claro que eu tinha que escrever alguma coisa a respeito. Imagine, não estaria em mim passar esta linda data em branco.
Tenho me surpreendido bastante da quantidade de blogs, artigos e comentários que tenho lido e ouvido a respeito de voltar a festejar o natal como seu significado original: o nascimento de Cristo, aquele que veio para redimir o mundo.

Este ano, particularmente, parece que muitas pessoas estão mais conscientes, e tentando fazer desta celebração algo menos comercial, menos presentes caros e artificiais, menos agitação e mais agradecimento, menos crueldade e mais paz. Isso tem me deixado bastante contente.

É triste ver o quanto a figura do "bom velhinho" tem suplantado a figura do menino Deus. Já repararam na mídia, em geral, como acontece isto? E, de alguma maneira, a figura do Papai Noel está incitando o consumo, o exagero, as correrias de compras e mais compras, os shoppings abertos 24 horas (sou contra porque acho que todo mundo consegue comprar em horário comercial, não precisa ir às 3 da manhã... aliás, será que alguém compra alguma coisa às 3 da manhã?).

Em contraste com a humildade, a vida simples e a comunhão com a natureza, que foi tudo que Cristo pregou.

Mas é claro, o Papai Noel é muito mais rentável, hehe. Nada contra celebrações de natal, presentes, ceia. Afinal, hoje eu também aderi e vim trabalhar de gorrinho vermelho. Ganhei no mínimo uns vinte sorrisos.

Só me preocupo com o exagero.

Bom, mas era só um comentário, porque comecei refletindo sobre a mudança que vi este ano, com bastantes pessoas se preocupando com esta questão. Muito válido.
-------------------
Ahh me faltava agradecer às fofas que deixaram dicas ótimas de receitas nos comentários. Gente, eu adoro vocês! Fiquei com água na boca, agora que entro em férias vou ter mais tempo (essa desculpa é boa) e pôr as mãos na massa. No fim, acabei fazendo uma receita de torta rápida de liqüidificador que minha mãe costuma fazer, só que substituí a sardinha por vegetais. Foi um sucesso!
-------------------
Ceia de Natal: quase me deu um ataque de pânico quando abri a geladeira hoje cedinho e me deparo com um cadáver daquilo que as empresas processadoras de alimentos chamam de "ave de natal", e que nada mais é do que um frango transgênico, descongelando e mostrando despudoradamente... agh, não vou terminar a frase. Só a lembrança daquilo me dá revertérios. Fechei a geladeira depressa e me contentei com comer qualquer coisa que estivesse fora, para me poupar da terrível visão. Não posso obrigar ninguém a ser vegetariano, assim como eu mesma tenho a liberdade de ser, mas mamãe e eu já planejamos vários pratos vegetarianos também, e com certeza vai ser delicioso.
-------------------
Finalmente, só falta desejar uma ótima nochebuena a todos, que a paz de Deus esteja com todos vocês e com suas famílias e que nos seus lares haja harmonia, união, tolerância, respeito, paz e amor, muito amor.

Que Deus envie seus anjos para proteger todos nós e nos lembrar que comemoramos o aniversário de Jesus, aquele que nasceu para morrer por todos nós.


"Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles." Mateus 1:21

"E um anjo do Senhor desceu aonde eles estavam, e a glória do Senhor brilhou ao redor deles; e ficaram tomados de grande temor.

O anjo, porém, lhes disse: Não temais; eis aqui vos trago boa-nova de grande alegria, que o será para todo o povo: é que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor.

E isto vos servirá de sinal: encontrareis uma criança envolta em faixas e deitada em manjedoura." Lucas 2:9-12

Feliz Natal!

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Finalmente...

... terminei os presentes de Natal.
Já está tudo prontinho.
Tirei foto massss... estou com preguiça de baixá-las. Ehm.
Ah, esse calor é bom, é gostoso, mas dá uma preguiça... eu tenho pressão mais pra baixa do que pra alta, ou seja que qualquer calorzinho e logo vou me arrastando ao invés de andar... hehehe. Hoje no trabalho, que foi aquilo! Tive que fazer um esforço quase sobre-humano para ficar acordada, rsrsrs.

E ainda por cima estou com uma afta na boca, ou melhor, quase que seria ao contrário: uma boca na afta, visto o tamanho da "criatura". Terrível. Como dói!

Final de semana tranqüilo, natal chegando, dias diferentes do habitual (isso é muito bom!), promessa de semana curta e de visita da minha amigona Carol na sexta.

E amanhã festinha de confraternização no meu trampo.
Tenho que levar algum prato salgado e não faço a mínima idéia de alguma coisa boa, fácil (please) e vegetariana para fazer. Mais preguiça, kkkk.

Bem, é só.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Constatações

Finalmente uns dias com cara de verão mesmo... calor, sol, preguiiiça...
Em casa já montamos a piscina (que demos ano passado de natal para a Fernanda, mas que na verdade usufrui todo mundo, rsrsrs). Nada melhor que chegar do trabalho e TCHIBUM, um banho rápido para se livrar do calorão.

O resto da tarde tricotei porque o natal tá chegando e eu tenho que terminar os presentinhos.
Mas é difícil quando a Fernanda está acordada, porque ela não entende muito bem o conceito de privacidade e sai por aí abrindo portas, querendo brincar.

Ontem dormi de lente e fui perceber hoje, não quando acordei. Foi uma meia hora depois, quando olhei pro relógio da cozinha e consegui ver as horas assim, num primeiro olhar.
Acreditam que tive de ir procurar o estojinho para me certificar se estavam lá? (E não estavam, dormiram nos meus olhos, rsrsrs).
Essa lente é boa mesmo.

Feliz sábado a todas!!!

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Tarde de compras

É, foi isso que fiz hoje à tarde: compras.
Enfrentei (novamente, e bem pior!) a muvuca natalina para comprar os presentinhos que faltavam. Mas digamos que agora já está tudo resolvido. Até o presente da minha irmã. No fim, decidi comprar 'ao vivo' mesmo, porque via internet não ia dar para chegar. E, procurando e procurando (eis que Deus me presenteou com uma boa dose de persistência hoje), acabei achando exatamente aquilo que queria. Ho! ho! ho!
--------------------
Andei meio shopping e o centro inteiro com minha ecobag do avesso. Quando fui notar, já estava cheia de coisas e me pareceu que não compensava tirar tudo da sacola só para virá-la. Continuou assim mesmo.
--------------------
Esta semana temos na cidade a feira do livro. Não muito grande, mas o suficiente para algumas editoras ganharem alguns trocados na época do natal.
Fui dar uma passadinha e, como para livros eu tenho o coração fraco, achei uma pechinchinha que não resisti (eu tenho um ímã para pechinchas, principalmente livros!): um "Calvin e Haroldo" por 5 reaisss... bom, né?
--------------------
Me pesei, e em 8 dias perdi 450 gramas. Isso é ótimo! Nunca tive um progresso semelhante!
Pena que a balança não era a mesma da semana passada. Para mais ou para menos.
Mais pena ainda é o prato de sorvete que estou comendo agora. Mas fazer o quê, se minha mãe comprou? Eu não sou de ferro! E o sorvete é napolitano!

E é isso, pessoal, as novidades do dia.

terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Dúvida cruel

E agora, que que eu faço?
Compro o presente da minha irmã pela internet, sendo que não vai chegar para o natal, ou compro em loja, mesmo não sendo exaaaatamente aquele que eu queria comprar?
Afff! Deixar pra última hora é o pior!

O resto, tudo resolvido. Ou quase. Amanhã vou atrás do que falta, no centro.
O melhor são as embalagens. Ecologicamente corretas e não vão pro lixo (se algum deles jogar no lixo, vai apanhar de chinelo! Huahuaha). Mas isso continua sendo mistééério.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Pensando...

Daí que, como disse, ainda estou pensando.
Vontade de dar um pulinho em SP não falta, o que mata é o dinheiro... baaah só de passagem já vai uns 300 reais (de avião. De ônibus é um pouco menos mas daí acho que não tenho coragem de ir sozinha. Huauahauah. E também a diferença nem compensa o medo que vou passar sozinha.)
Mas até janeiro tenho um tempão para resolver. Também tem a possibilidade de descolar passagem de avião de um dia para o outro muito mais barata, se houver desistência e tal... quem sabe? Já ouvi várias pessoas que conseguiram. Enfim!
Comprando presentinhos de natal pela internet hihihihi.
Assim, não quero falar muito dos presentinhos de natal porque vai que alguém da minha família tem a feliz idéia de entrar aqui no blog... estragar a surpresa, nem pensar! Depois conto.
Beijos!!!

sábado, 13 de dezembro de 2008

We wish you a merry christmas!

Ai, que semana corrida! Mas pelo menos já acabou. E já paguei minhas horas extras por conta dos feriados do fim de ano, ou seja que está tudo ótimo e agora é só contar os dias...
Sim sim sim! Confirmadíssimo! Entro em férias logo depois do ano novo! Um mesinho inteiro para mim mesma! Yessss!

Eu a-do-ro festas de final de ano. Natal, ano novo,... manhãs de calor livres para pular um pouco lá fora e tardes escaldantes para dormir um pouquinho e ler um montão. Hummm...

Só que acho que não vou pra São Paulo não... vai ser um gasto meio grande agora. (Bia, don't worry porque já haverá tempo para o abraço, pode crer!). Acho que vou ficar por aqui mesmo, mas quem sabe. Eu adoro fazer planos, mas acabo decidindo tudo em cima da hora mesmo, então tudo pode acontecer.

Ahh e estou muito feliz agora! Mas vou fazer mistério... não posso revelar nada. Só para contar que estou feliz!!! Dependendo do desenrolar das coisas, depois conto o que aconteceu.
Digamos apenas que um namoro de quase cinco anos não se corta assim, de raiz, de uma hora pra outra.
Pronto, falei.
Hhuahauahauau não me agüentei.

Beijo people, até amanhã!

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Trabalhando...

... e bastante.
Fazendo jornada completa esta semana, para compensar uns dias entre os feriados que vamos ter por aí.
Pensando, pensando e pensando mais um pouco... só pra variar.
Fazendo planos.
Pagando contas.
Arrumando cabos soltos.
Enfim! Coisas que, vez por outra, precisam ser feitas.

Mas que vontade de estar curtindo o solzinho na praia!
Já haverá tempo, se Deus quiser.

domingo, 7 de dezembro de 2008

Uff!

Passando rapidinho porque já estive muito tempo na internet hoje... faz horas que estou aqui sentada!
É o seguinte:
Ando pesquisando porque talvez (sim, TALVEZ) vá a São Paulo em janeiro.
Eu explico: aparentemente vou ter férias em janeiro.
Queria sair um pouco daqui.
Tava afim de um circuito cultural e algumas compras (não muitas, porque o orçamento não permite rsrs).
Mas ainda tudo depende de algumas variantes. Por isso está apenas na categoria "veremos".
E é isso.

Faz quase uma semana que não chove aqui. Aparentemente, o tempo está se firmando. Tomara!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Notícias

Desculpem a demora, algumas pessoas me escreveram preocupadas com a situação aqui em Santa, mas como aqui não sofremos quase nada e tive uma semana (estou tendo, deveria dizer) bastante agitada, nem vi noticiários ultimamente e nem sei dizer como estão as cidades afetadas. Ou seja: mesmo estando a "poucos" quilômetros de distância, tenho tanta informação quanto vocês.
Só passei mesmo rapidinho porque meu irmão me 'concedeu' vinte minutinhos de internet. Em casa agora temos o pc e o notebook do meu irmão (de onde estou escrevendo agora), mas apenas um cabo de internet. Quem sabe, mês que vem compramos o modem wireless e não ficamos disputando tanto a internet, rsrs.
De qualquer maneira, ando terminando umas coisinhas aqui e começando os presentinhos de natal para o pessoal de casa (tive uma idéia ótima ontem, já saí atrás do material e agora tenho que dispor do tempinho para executar. Mas tem a ver com lãs).
Ahh temos na cidade uma feira de plantas que se realiza todos os anos em dezembro. Eu sempre compro uma ou duas plantinhas para incrementar nosso jardim. Já passei por lá e voltei pra casa com uma muda de cerejeira nativa e outra de acerola. Que tal?
Depois tiro uma foto e posto aqui.
Bom, é isso. Beijosss e tchau que meu irmão já veio me apressar.

domingo, 30 de novembro de 2008

Para os que acham que não há mais sol em SC

Vejam onde estivemos hoje de manhã.





Dunas da Lagoa da Conceição


Um lugar lindo, lindo. Fica na beira da estrada mesmo, mas depois que você transpõe a primeira duna, não escuta nenhum barulho mais.





Com toda a chuva que caiu, se formaram essas lagoas. São transparentes!



Defina imensidão.

(Na foto, meu pai. É o pontinho preto e branco quase no topo da morreba. Viram?)




Vista lá de cima. Ok, essa lagoa não era tão transparente. É por causa da vegetação, que também ficou baixo água. Ao fundo, Lagoa da Conceição.


E não esqueçam! Se puder, façam sua doação de roupas, alimentos, mantimentos em geral ou dinheiro. Em várias cidades há postos de coleta e nossos irmãozinhos realmente estão precisando.


Beijosss!

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Notícias do front

Todo mundo já deve ter visto (na TV, internet, etc) sobre a catástrofe climática que caiu sobre o nosso lindo Estado de Santa Catarina. Muita terra, muita água, muito entulho, muitas perdas, muita tristeza.

Como já disse antes, eu e minha família não fomos pessoalmente afetados. Até minha avó, que mora em SP, estava duvidando disso e ligou de novo ontem para confirmar que estávamos todos bem.

Perto de casa não tem nenhum morro ou massa grande de terra que possa vir a desmoronar, e para nos locomovermos normalmente não precisamos passar por nenhuma estrada de risco. Para terem uma idéia do abençoados que fomos, na nossa rua umas três quadras acima da nossa casa, falta água desde sábado. Mas nós não tivemos falta de água em momento algum, e olha que somos seis pessoas e mais a minha avó que está passando uns dias conosco, todo mundo para tomar banho, lavar roupa,... Aqui na cidade, pelo menos nos núcleos urbanos, não tivemos maiores problemas.
Mas é triste ver a situação que outros tem que enfrentar. Nós, assim como vocês, só temos visto pelos jornais e pela televisão, ou seja que não tenho para contar nada que já não tenham visto. Estamos mais perto, sim, mas a situação permanece tão irreal como se fosse de outro mundo, um sonho ruim.

O importante agora é a ação: auxiliar as vítimas, doando o que for possível, roupas, roupa de cama, colchões, alimentos não perecíveis, água, dinheiro... pela cidade e pelo Estado há vários pontos de coleta, e em outros Estados também.
É incrível, o ser humano sabe que o meio ambiente está por um fio, o aquecimento global está fazendo os estragos, e muita gente diz o quê? 'É... a situação tá braba mesmo!' e fecha o jornal, pega o carro e vai no supermercado comprar a carne pro churrasco.

Será que um dia as pessoas vão cair na real? Ou será que vão esperar que seja tarde demais?

Aliás, já é tarde demais.

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Pessoal,Estou sem palavras para agradecer o carinho que tenho recebido de todas vocês. Não imagino como teria passado sem o apoio de vocês, que me emocionam a cada comentário. Muito, muito obrigada!!!

Primeiro vou falar um pouquinho do assunto das chuvas pesadas que tivemos. Segundo o governador, no Estado a terra está se derretendo feito um sorvete. Em vários lugares barreiras desmoronaram, algumas habitadas, outras na estrada deixando muita gente ilhada, sem água, sem teto. A chuva era tanta, que os helicópteros de resgate não conseguiam sair.
As cidades que mais sofreram foram Itajaí e Blumenau. Em Balneário Camboriú também houve inundações, em Gaspar os desmoronamentos provocaram a explosão de uma tubulação de gás e por isso parece que vai faltar gás, aqui na Grande Florianópolis estouraram duas das quatro bombas de abastecimento de água e por isso alguns bairros estão sem água há dois ou três dias, em outros (no meu, por exemplo) se faz rodízio.
Há muita gente desabrigada e há gente que perdeu absolutamente tudo dentro de casa. O balanço do desastre ainda não foi todo contabilizado, mas parece que já parou de chover e agora vem a parte da reconstrução.
O pior são as mortes. Porque ontem, pelas últimas notícias que vi, havia 49 mortos, mais 17 soterrados ainda sem resgate e uns 10 desaparecidos. Estão pedindo que as pessoas só peguem estrada em caso de extrema necessidade. Algumas barreiras ainda podem cair.
É triste. É terrível. Graças a Deus não tenho que lamentar nenhum desastre com pessoas conhecidas, mas oro pelas famílias que sofrem, que não são poucas.

Bom, vou falar de outras coisas, muito mais agradáveis. Para contrarrestar tanta morte, vou falar um pouco sobre vida. Não era minha intenção misturar as duas coisas no mesmo post, mas precisava falar das chuvas e precisava também falar deste outro assunto a seguir:
Ontem nasceu a filhinha da irmã do Rafa. Linda, perfeita, maravilhoso milagre e só Deus sabe o quanto foi esperada e amada desde sempre. E agora chegou, a pequena Natália.
Eu já tinha dito a ela (a irmã do Rafa) que iria fotografar o nascimento, então fui.

[Parêntese: não sou louca, não sou masoquista, e não sofri nem derramei uma lágrima. Simplesmente tudo o que chorei no sábado à tarde me exorcizou, e estou extremamente calma. Simplesmente passou, agradeço a Deus porque me deu um desapego ótimo para me livrar de sentimentos ruins. Aliás, seria um grande egoísmo pôr minha dor pessoal em primeiro lugar, né? Além do mais, eu adoro a família dele e me dou muito bem com todos. E ele estava lá também, apesar de que chegou só quando já tinha nascido porque tem pavor de sangue, rsrs. Ahh e além do mais, eu adoro nascimentos. Ahh e foi tão tranqüilo que depois ainda fomos pegar um filme e assistimos, ele e eu, na maior paz. Huahuahau.]

Tirei quase duzentas fotos, foi muito lindo (apesar de ser uma cesárea), uma família muito feliz e muito amor.
Ahh e tive um papo muito bom com a ex-sogra. Muito bom mesmo.

Ahh e vocês já experimentaram ir no supermercado comprar besteirinhas com duas quase-avós que estão fazendo hora esperando a chegada da neta? Se nunca fizeram isso, recomendo. É altamente divertido.

Beijos a todas, mais uma vez um muitíssimo obrigada pela força, pelos conselhos, pelo carinho. Adoro vocês!!!
Thais: fiz quase tudo, menos o sorvete de chocolate porque, bom, digamos que tenho 'razões de peso'. Huahuahaaua. Ai, minhas gordurinhas! kkkk

sábado, 22 de novembro de 2008

Sábado

Então.
Eu sabia que, mesmo tendo passado uma sexta-feira bastante bem e sem sentir necessidade de derramar mais lágrimas (à tarde vi Kung fu Panda, que meu irmão baixou. E ri muuuito!), o sábado não seria muito agradável.
Sábado é dia santo para mim e para todos os adventistas, que neste dia não trabalhamos, não praticamos comércio (compra ou venda), não participamos de diversões mais "mundanas" (shopping, filminhos descompromissados, etc). Vamos à igreja de manhã e descansamos à tarde, ou então vamos a algum parque, praia, ficamos em contato com a natureza, etc. Depois, fazemos uma oração no horário do pôr-do-sol e começamos em paz a semana, voltando às atividades cotidianas.
Poderia não ter ido à igreja hoje. Poderia ter ficado em casa. Mas precisava ir. Semana passada já não fui, e estava sentindo falta desse contato semanal que me faz bem.
Encontrar inevitavelmente o Rafa lá talvez fosse mais um motivo para não ir, mas para mim, foi mais uma razão para ir. Queria vê-lo.
Não me arrependo de ter ido. Chorei a tarde toda depois, mas precisava ir. E o choro foi uma exteriorização que ainda precisava fazer.
Esse papo todo não faz sentido e deve ter ficado super maçante, nem vou reler o que escrevi, vai assim mesmo. Não precisam ler, deve ter ficado chato pra caramba. É só porque eu me sinto melhor escrevendo.

Mudando de assunto (porque uma hora tem que acabar, né?). Vou mostrar meu último trabalhinho.Alguém se habilita a dar um palpite do que é antes de ver as outras fotos? Tá fácil.

Tá, essa não esclarece muito. Mas vou dar uma dica: esse tecido é a parte de atrás.

Agora tá fácil demais... já dá até pra ver o que é. Ainda não adivinharam?


É uma almofada pra minha cama! Rsrsrs
Fiz um desenho bem infantil, uma paisagem bem como criança faz, arvorezinha, o sol no canto, uma nuvem... o detalhe é o urso amigurumi no meio, todo exagerado.
Atrás coloquei ilhós e uma fita, tudo com as cores combinando com o edredom.
Gostaram?
Ahhh as fotos ficaram meio feiotas, mas é que faz dias que só chove aqui... fica tudo escuro!

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Em processo de recuperação

Eu quero agradecer por todos os comentários e palavras de apoio que recebo pelo blog. O carinho de vocês me ajuda e vocês nem imaginam o quanto. Obrigada!

Eu tenho fé. Eu sei que Deus me cuida em todos os momentos da vida. O que aconteceu, foi porque Deus sabia que era o melhor caminho, o melhor para nós neste momento. E se continuarmos confiando em Deus e escutando Sua voz, Ele vai nos guiar sempre pelo caminho melhor, seja juntos, seja separados.

Enfim.

Entre outras bizarrices, ontem simplesmente esqueci de tomar banho. Esquecer mesmo, sabe? De não lembrar. Hoje levantei da cama e pensei comigo: "puxa, não estava eu com essa mesma calcinha ontem? Será que esqueci de tomar banho???". Tentei lembrar e cheguei à conclusão de que esqueci mesmo.
Nunca antes tinha acontecido isso comigo. Nunca.
Há uns dias comecei a tomar florais para minha falta de memória. Li, num guia de florais que minha mãe tem, que no início do tratamento é normal que os sintomas se intensifiquem um pouco e que isso é bom porque significa que está fazendo efeito.
Será que foi isso?
Bizaaaarro.

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Juntei os caquinhos e estou tentando colar, só que infelizmente a cola das minhas lágrimas não é suficiente.

Enfim.

É, não tenho mais namorado.
E dizer isso é extremamente doloroso.

Estou tentando trabalhar o mais alucinadamente possível para não pensar no assunto, e depois poder me recolher no meu canto e desabar, se quiser.
Ontem o dia demorou tanto para passar...
E hoje está sendo bem parecido.
A gente sabe que o tempo cura, mas as horas não colaboram.
E eu sinto toneladas de aço nas minhas costas.

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

... catando os caquinhos.
A chuva acompanha meu ritmo. Ou torna visível o que está invisível aqui, dentro de mim.

Ai ai... volto quando não doer tanto.
Mári

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Aniversário

Hoje é um dia especial.
Há quatro anos nascia nossa princesinha, nossa boneca, nossa meninota, a Fernanda.
Fernanda não, Maria Fernanda, diz ela muito séria.
Quatro anos que três irmãos descobriram o quanto se pode virar babaca e babão de uma hora para outra.
Quatro anos de pura tirania. Não porque ela seja tirana, mas porque ao menor chorinho ou risada nos tinha a todos depostos a seus pés. A seus diminutos pés, que já não são tão diminutos assim.
Quatro anos que eu e minha irmã repetimos incessantemente para as pessoas: "Não, não sou a mãe dela! Sou a irmã!". E que minha mãe passa momentos de raiva cada vez que alguém acha que é a avó.
Quatro anos da nossa Fernandinha nunca chamada Fernandinha, porque ela é veloz demais para um nome tão grande. Inventamos Nan (antes de saber que era o nome de uma conhecida marca de complemento para bebês, justo ela que sempre preferiu mamar a qualquer outra coisa), Nany, Fer,... algum nome mais curtinho, para chamar rápido uma menina que é um furacão em si mesma desde antes de nascer, que obrigou a nossa mãe a declarar mais de uma vez que ela sozinha dá mais trabalho do que demos os três irmãos juntos.
Feliz aniversário, minha flor de laranjeira!

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Il est arrivé! Il est ici!

Ai ai ai ai...
meu amoreco voltou de viagem.
Tão bom ter ele por perto de novo!
Fui no aeroporto com a família dele.
Filmei o avião descer.
Ops! Avião errado.
Filmei o avião certo.
Fiquei agoniada esperando ele aparecer, porque demorou um monte para pegar a mala e meu coração aos pulos de ansiedade.
Ah fazer o quê? Saudades. Perfeitamente compreensível.
E graças a Deus a chuva e o vento tinham parado quando o avião pousou.
Ai ai... coisa boa!

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Adivinhemmm...

... de onde estou postando???

Do novo notebook do meu irmão!!!
Eeeee!!!
Não tinha postado nada sobre o assunto, mas foi um tema de controvérsias, ansiedade e muuuuitas pesquisas aqui em casa. Ontem finalmente fui com ele finalizar a compra (precisava de mim por causa do cartão, não pela graça da minha presença nem pelo apoio moral, huahuahua). No fim, ajudei a fazer um ótimo negócio (humildade zero, né?). Conseguimos uma máquina ótima por um preço inacreditável.
Eu disse que Deus é bom.

Ah e depois fui na prova de francês e fui muito bem, obrigada. Eu acho, pelo menos. Hehehe.
Miriam: passei a barreira do passé composé. Até que não foi difícil.

No mais, contando os dias para o domingo chegar e o Rafa voltar da Bahia.
Ah e minha abuela e a tia Maria chegaram hoje do Uruguai. Só não fomos até a praia com elas porque diluviou a tarde toda e só parou agora. Ai, tomara que pare essa chuva por uns dias, pelo menos!

E é isso, pessoinhas, mais ou menos as novidades.

terça-feira, 11 de novembro de 2008

É tarde...

É tarde e preciso ir dormir ou ficarei o dia todo me sentindo um zumbi amanhã... e não posso estar zumbi porque tem prova de francês.
Mas é que estou vendo um vídeo tão interessante que é impossível parar agora.
Tudo culpa da Fran, hahahaha. Ó os vídeos que tô assistindo.
Vale a pena, gente.

E quinta feira chegam minha abuela e sua irmã direto de Montevidéu. Quer dizer, direto não, porque os vôos internacionais não chegam aqui. Tem uma linda escala de duas horas ou mais em Porto Alegre. Rsrsrs. Mas faz parte. Vão ficar conosco uns dias, tomara que dê para pegarem uma praia (e nós também, ou vamos virar sapos!)

Hoje ataquei uma estante que há tempos estava me olhando com aquela cara de desdém só porque eu não tinha nem coragem de chegar e botar aquela ordem e jogar metade das coisas fora. Sabe como é, né? Semana que vem faço, talvez outro dia, e por aí vai. A estante já estava até se achando a tal, imagine, eu com medo dela. Hoje acabou. Huahauhaua. Tinha tanta tralha!
Só que não dá pra fazer essas limpezas com a Fernanda por perto: ela acha lindo tudo que tiro fora e tudo quer guardar. Bom, se eu herdei essa capacidade absurda de entulhar coisas, ela também herdou e da mesma fonte. Huahuahaua.

Bom, vou lá ver se consigo terminar de ver o vídeo. Boa noite!

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

J'ai tout la vie pour prendre une décision

Não é bem isso que o título está dizendo, mas é um pouco do que estou pensando agora.

Ontem passei um dia muito agradável. Tive um "dia de imersão" de francês, ou seja uma espécie de gincana organizada pelo curso de francês.
Muita música, jogos, risadas, ganhei 3 cds de música que nunca antes ouvi na vida (só um deles deu tempo de ouvir, os outros vou ouvir agora à tarde), muito papo em francês e até dança das cadeiras, que não brincava há séculos-luz.
Até show de mágica teve. E eu participei. Muito louco!

E hoje o Rafa tá me deixando nessa chuvosa ilha para ir passar uns dias na ensolarada Bahia. Aaahhhh!!!!

Bom passeio para ele e para o rastreador que botei junt...ehhh... deixa pra lá. Huahauhauahua.
Mentira, eu confio nele.

quarta-feira, 5 de novembro de 2008

Sem assunto

É, hoje tô assim meio sem assunto mesmo.
Mas tava com saudade de escrever.
Então apareci.

Minha semana anda ocupada numa expectativa íntima. Não vou contar do quê se trata por enquanto. Ai, ando tão misteriosa ultimamente, né? É a época... rsrsrs.

Enfim, aqui estou tirando fotos, que é uma coisa que adoro cada vez mais. Fiz uma sessão fotográfica com a irmã do meu namorado, que está grávida de 8 meses, e seu marido. Deu certo apesar do tempinho chuvoso e de um pouco de timidez no primeiro momento. E agora estou processando as fotos com toda calma, já que ainda me custa encontrar alguns comandos no photoshop e não quero trabalhar ao acaso. Mas estou gostando do resultado.

Não, não tenho intenção de mudar de carreira, pelo menos por enquanto. Gosto da minha profissão e meu emprego é ótimo. Estou só experimentando com a fotografia, fazendo pequenas sessões para a família, aproveitando para melhorar a técnica e encontrar um estilo. A fotografia é para mim um desabafo, uma área onde consigo criar mais do que no design, e por isso prefiro manter como um hobby e não com aquele compromisso de ganhar dinheiro. Senão, vai acabar perdendo a graça.

E agora vou dormir, porque já falei até demais para quem estava sem assunto. Rsrs.

domingo, 2 de novembro de 2008

Aos amigos

Uma música que gosto muito.

Você pode ter amigos

Enjoy!

sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Dia tranqüilo depois de uma noite de muita, muita cólica.
Teve uma hora que fiquei sentada, acordada, respirando fundo e só.
Não adianta, tem horas que fica horrível mesmo. Eu detesto quando ataca à noite, porque para complicar quer dormir e não consegue. E sabe que, no outro dia, vai estar que nem zumbi.

Enfim, passou.

Ahhhh tinha me esquecido de fazer o jabá. Que coisa, coloquei o link e não fiz o jabá. Que filha desnaturada! Huahuahaua
Acontece que minha mãe, que é artista e arteira, faz miniaturas, mandalas, quadrinhos, decoupages e pintura em madeira. O blog do Sissy Atelier dela está aqui e também na coluna à direita.
Ela faz sob encomenda e tem peças prontas também.

E é isso! Vou trabalhar que tá na hora.

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Hoje...

... é o meu segundo dia como vegetariana.

É sério, decidi que não serve só simpatizar com a causa se nunca tomo uma atitude de verdade.
E tomei.
Tá, ainda não é o ideal, mas o rumo está tomado.
E estou feliz da vida, tranqüila e em paz.

Ahh, daí que para contar um pouco das descobertas e peripécias que vou fazendo e também um pouco para meu próprio controle (e para olhar daqui a uns anos e avaliar o que aconteceu nesse tempo ou rir), criei um blogue novo.
Se chama Diário de uma recém-vegetariana.

E é isso, pessoal.

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Retomando

Daí que depois de muito ler, pensar, refletir e ver vídeos que mostram a realidade crua que acontece a cada dia nesse mundo e que está camuflada pela mídia, decidi.

Quero me tornar vegetariana.


Não vai ser fácil, eu sei. Vou enfrentar muita resistência, principalmente por parte das pessoas da minha família. Vou ser olhada com desconfiança, como já sou por causa da questão das vacinas.

Mas... estou acostumada.
Não enfrentei todos quando decidi me batizar? Não me tornei, finalmente, adventista? Não deixei de consumir porco e frutos do mar? Não enfrento olhares esquisitos com a maior cara de paisagem cada vez que recuso um café? Não consegui me opor às vacinas?

Com a graça de Deus, que me dá forças dia a dia, conseguirei também ser vegetariana. Afinal, é da vontade de Deus também que preservemos o templo que Ele nos deu, o nosso corpo.

Assim, para tornar tudo um pouco mais real e palpável, comecei um fichário de receitas vegetarianas, ajudada pelo orkut. Se quiserem ver também, estão aqui. Há muitas, muitas receitas, uma mais interessante que a outra. Bem legal.

É isso povo.

P.S.: Rosana, não é que nessa foto fiquei com cara de moleca mesmo! Rsrsrs tenho 24 anos.

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

A pedidos...

Uma foto dos meus feiosos porém confortáveis.
E o sapo e a joaninha que comprei junto para eles não ficarem tão feiosos.

Final de semana tranqüilo, com aniversário da tia do Rafa com direito a bolo delicioso, tarde de sábado de muita, muita, mas muita chuva mesmo e muitas horas de sono. Hehehehe.

E ontem fui com o Rafa na Barra da Lagoa, ele trocou a prancha pequena de surf por um pranchão. Bom, pelo menos é menos perigoso. E dá até para eu aprender a surfar este verão. Ho ho ho.

E hoje -finalmenteee- saiu o sol. E que sol! Aproveitei para tirar umas fotos e depois o Fabi (meu irmão) foi meu fotógrafo. É que notei que, como sempre estou eu com a câmera, não tenho nenhuma foto minha.
Eis aqui meu retrato mais recente.
Beijosss!!! Fiquem com Deus!

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Alegria

De acordo com o assunto de ontem, uma pessoa a quem muito amo acaba de tomar uma decisão muito, muito importante.
Fiquei muito feliz, porque sei que a partir dessa decisão esta pessoa vai crescer muito, e ter oportunidades únicas na vida. Agradeço a Deus por ter iluminado o caminho desta pessoa até agora, e desejo que continue iluminando sempre.
Como disse ontem, não posso contar do que se trata porque não pertence a mim. Mas queria escrever o quanto estou feliz por esta pessoa, apesar de que, quando tudo se concretizar, vou passar por momentos de tristeza e saudade.

Então, todo o amor do mundo e minhas orações para esse alguém!
Beijos

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Meio frustrada

Hoje tô numa espécie de frustração misto com desespero e sentimento de mãos amarradas. Não vou relatar do qué se trata, pois implica outras pessoas, das quais logicamente não tenho o direito de falar sem autorização. Mas não é briga, não é conflito no sentido ruim da palavra. Mais do que isso, é uma quebra de rotina, uma saída da zona de conforto (ou melhor, o contrário: a falta disso tudo) que desencadeou essa coisa toda.

Don't worry, dando tempo ao tempo e pedindo a Deus que ilumine as pessoas envolvidas. E a mim também.

terça-feira, 21 de outubro de 2008

Rendição

Daí que eu me rendi à tendência mundial e comprei um daqueles feiosos porém confortáveis calçados de borracha que parecem uma mistura de tamancos holandeses com chinelos rider.

Estou falando de crocs.

Mas não comprei originais não, que aqui em Floripa City custam a bagatela de 90 dinheiros. Acho meio demais para os feiosos em si. Fiquei, vergonhosamente, com a imitação mesmo. Rsrs.

E ainda comprei dois "bichinhos", desses que se botam para decorá-los. Um sapinho e uma joaninha.

Hoje usei para ir trabalhar e foram aprovados, uma vez que tomei chuva pelo caminho e eles se comportaram maravilhosamente bem.

O que ando fazendo: um trabalho de uniformes via coreldraw (vulgo Chuck Norris: ele sempre vence). Isso toma tempo. E paciência.

E também ando descobrindo uns tutoriais legais para ver se melhoro meus conhecimentos de photoshop e saio do basicão. Isso é legal, uma vez que dá para ler o tutorial e ir tentando fazer, paralelamente. Já aprendi algumas coisinhas úteis.

Para terminar uma fotinha nova da Belle.
Se quiserem ver, tem mais algumas no nosso flickr.

Beijos!
-------------
Atualização:
Já que ainda ninguém leu, vou aproveitar para atualizar aqui nesse post mesmo.
É que achei uma coisa bem legal, vejam:
World Clock 2008
Aparentemente, um relógio mundial cheio de dados como população, nascimentos, mortes, meio ambiente, energia... achei bem interessante.

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Vício



Eu AMO isso daqui.

Sou viciada mesmo.

O melhor amendoim com chocolate que já comi.

Devoooooro!

Adeus, dieta.

domingo, 19 de outubro de 2008

Finalmente, um final de semana tranqüilo, tranqüilo (com trema SIM, porque eu não tô nem aí de que a gramática mudou, eu aprendi assim e continuo escrevendo assim, oras!).

Ontem o Rafa apareceu para me pegar de manhã com uma supresa: meu guarda-chuva! Que eu julgava perdido para sempre, esquecido no banco de algum ônibus ou coisa assim. Eis que estava na casa dele! Huahauaha Fiquei feliz da vida, alguém poderá se perguntar por quê eu ficaria feliz da vida por causa de um reles guarda-chuva, mas é que este é bonito, xadrez, roxo, daqueles de copinho, lindo, lindo! Kkkkk tarada por guarda-chuva.

Ontem tivemos uma linda apresentação na igreja, vários solistas, trios e conjuntos participaram. E o nosso coral também, claro. Foi muito bonito. Pena que me lembrei de filmar o Rafa tocando quando já tinha começado a música, kkkk distraída eu? Nãããão...

Daí hoje continua chuviscando e no jornal passaram que este é o décimo (sim, 10o) final de semana seguido chovendo. Vamos virar sapos! Ooooooh!!!

Horário de verão: é bom que escurece mais tarde, é ruim que na hora que levanto (6 h), ainda vai estar escuro.
Enfim.

Rapaz maluco que manteve a ex-namorada e a amiga seqüestradas (novamente a trema. E ainda têm coragem de dizer que não é necessária?) por exatamente 100 horas. Sem comentários. Incompetência total por parte de quem tinha em suas mãos as negociações. Mas isso já dá muito pano pra manga e é uma discussão que não leva a lugar nenhum. Deixa.

E é isso, pessoas. That's all, folks!
Beijosss

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Hoje eu pretendia...

... ir até o centro esta tarde para comprar algumas coisinhas. Mas choveu, e não tive vontade de sair.

... tirar umas fotos com a Annabelle e outras com a Nany, mas pelo mesmo motivo também não fiz. Além do mais, queria tirar umas fotos da Belle com roupinha nova, só que passei a tarde inteira fazendo a roupa e não deu pra tirar a foto. Talvez amanhã.

... editar uma pilha de fotos que estou devendo e outras que precisam estar prontas até amanhã, e vou começar a fazer isso daqui a pouco.

... recomeçar a academia, mas acabei desistindo. É o tipo de idéia que surge quando a gente se olha no espelho e se descobre com alguns quilinhos que poderiam sumir dali. Infelizmente, em mim esse tipo de resolução não dura mais do que algumas horas.

E é só. Alguns objetivos não-cumpridos. Mas pelo menos estou seguindo a dieta direitinho, a não ser pelos biscoitinhos que andei beliscando agora há pouco. Ai, que sem vontade de qualquer coisa.

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Finalmente

Depois de vários dias "afastada" do pc por motivos alheios a minha vontade (minha irmã está terminando a faculdade dela e, portanto, fazendo dez mil e um relatórios), voltei.

Vim especialmente para trazer notícias da Annabelle.
Acontece que a Belle andou descansando um pouco depois do concurso Miss Blythe Brasil, do qual participamos em agosto/setembro. E agora voltou, mas trouxe junto Liz e Mae, que são terríveis. Olhem só as duas fofocando ou planejando alguma coisa:

Kkkkk eu não tenho mais o quê inventar. Bom, para quem quiser ver, tem mais algumas fotos no meu flickr.

E há algum tempo atrás (ou melhor: alguns tempos atrases, porque são muitos... rsrs) eu estive fazendo vestidinhos para as petites e comentei aqui que eles são tão miudinhos que servem no meu dedo mindinho. Daí alguém que não me lembro com exatidão mas me parece que foi a Wal pediu para ver. Eis aqui a foto do vestido (que a Mae está usando na foto de cima), vestido no meu mindinho.
Tardei, mas não falhei. Hahahaha.

Domingo regado a compras e mais compras (ainda bem que existe o velho e querido dinheiro de plástico para podermos cometer esses estragos) na feira da Casa Aberta. Comprei dois cds que há teeempos estava querendo, e mais uma meditação ótima para o ano que vem e aquele delicioso creme de amendoim bem natural e sem conservante que a-do-ro.
Fiquei 1 h e 20 minutos na fila do caixa, mas valeu a pena. Quer dizer, menos para os meus pés enfiados em lindos sapatinhos de salto, que sofreram bastante (os sapatos não, meus pés).

E foi mais ou menos isso. Agora vou ver se termino de mexer nas fotos da última semana, que ficaram super atrasadas. Ah! Ontem minha câmera nova e seu poderoso controle remoto fizeram sucesso. Pude tirar uma foto do coral inteirinho, incluida eu, sem pedir para ninguém tirar a foto. Cool!

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Ufff

Um só computador em casa é fogo, viu?
Quando puder, vou comprar um note só pra mim e para minha imensidão de fotos. Hehehehe

E daí que tenho mais de 80 fotos para revisar e ajustar no photoshop ainda. Tempo eu tenho, o que não tenho é o computador liberado. E aqui estou postando só porque dei uma fugidinha no trabalho.

Deixa eu saldar minhas dívidas. Já virão tempos melhores.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Photoshopando

Estou me sentindo meio frustrada.

Assim, para tirar fotos externas está tudo bem. Mas na hora de tentar umas fotos dentro de casa, ainda não consigo me entender com a Soninha (Sony=Soninha. É o apelido para a máquina nova, já que cansei de chamá-la de "máquina nova").

É porque estou testando as possibilidades que tenho de tirar fotos sem flash. Não gosto de flash e além do mais não posso fotografar os ensaios da banda com flash porque seria altamente incômodo (para os músicos, claro). A idéia é bater as fotos interferindo o mínimo possível com o ambiente.

E daí que sábado tentei algumas fotinhos, mas não deram muito certo... e aqui estou tentando resgatar algumas com o photoshop. Fiz isso a tarde toda hoje. Ainda não tenho nenhuma que se possa mostrar.

Então deixo mais uma da Nany que tirei hoje que está nubladinho.


E desde que sentei aqui tive de levantar para pegar um agasalho e espirrei umas 6 ou 7 vezes. Ai, não quero ficar resfriada agora!
Ufff!

domingo, 5 de outubro de 2008

Domingo de eleições

Graças a Deus, já terminam essas propagandas políticas.
Eu de-tes-to propaganda política.
Eu me nego a pegar santinho na rua. A minha mãe diz que estou sendo extremista porque as pessoas que distribuem santinhos são em geral pobres e estão ganhando um dinheirinho para isso, mas eu penso que se eu pego o santinho, nem olho e jogo no lixo, estou produzindo lixo à toa, gastando o papel e tudo mais (e se eu for pegar cada santinho que me dão na rua, volto para casa com uma lista telefônica de santinhos).
Ou seja, pessoas que estão fazendo um bico e ganhando um dinheirinho suado que me disculpem, eu não pego santinhos.

Esses dias eu vinha pela rua chegando em casa, e eis que vejo uma mulher, um homem e uma criança de uns 8 ou 9 anos deixando santinhos nas caixas de correio. Incentivar o trabalho infantil? Não, eu não pego santinhos. E ponto final.

Hoje não tem fotos, porque estou postando do pc do Rafa. Estou esperando que ele volte da rua, já que durante estas últimas duas semanas arranjou um bico como motorista dos caras das bandeiras de certo candidato. Sim, este post é contraditório. Eu não concordo com esse bico, eu não trabalharia para um político porque é convicção minha, mas a decisão é dele e não interfiro nisso. Mas estou orando para que não o confundam com os boca-de-urna e que volte são e salvo se Deus quiser.

Ai, como eu detesto política. Ou, como disse alguma vez certa escritora, "polititica".

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

E mais fotos

Porque, como diz o meu paizinho, estou como "mono con reloj" (que traduzindo significa qualquer coisa como "macaco de relógio").

Ando meio longe do pc ultimamente, mas é que em casa somos 5 usuários de 1 computador, e ainda minha irmã está terminando seus projetos de faculdade e se Deus quiser se forma agora no final do ano. Para completar a cereja desse bolo todo, meu pai também estava com urgência de digitar um outro trabalho grande, que finalmente terminou ontem. Ou seja, para utilizar o computador tem que pegar senha, assinar em 3 vias e autenticar todas elas, rsrs. Mas... por mim está tudo bem, eu é que não vou me incomodar por causa de computador.

Meu nariz melhorando. Devagar, bem devagar, mas melhorando.
E eu tentando terminar um casaco de tricô que comecei este inverno mas que é de meia estação e por isso quero acelerar agora, e se por acaso ainda vierem mais alguns dias de frio, comecei uma cobertinha de quadradinhos de crochê. Alguém pode dizer: "Mais uma?!?!?!" mas eu adoro fazer os quadradinhos porque faço um de cada cor e não canso de olhar sempre o mesmo fio. Gosto muito do binômio começar-terminar, começar-terminar, ...

E depois de toda essa tagarelice, umas fotinhas.

A Nany fazendo a festa. E eu me esbaldando no Nightshot.

O Rafa e o sofá do shopping.

De novo minha 'modela' preferida. Porque crianças sempre ficam lindas, de bom ou mau humor!

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Povo de Sucupira

Que são vocês que passam por aqui, hahaha.

Ai, que diazinho chato hoje. Fiquei com cólica a tarde inteira. Parte boa: estar em casa e poder me trancar no meu quarto com um cobertorzinho e um chá quente.
Além dessas mazelas femininas cíclicas, estou com o nariz machucado nem sei como. Dá a impressão que estou com o nariz sujo, mas é machucado. Dói pra respirar fundo e quando encosta em alguma coisa, vejo estrelas. Hoje amanheceu doendo a face toda, do lado esquerdo. Do olho ao queixo. Calculem vocês o tamanho do estrago.
Mas, como não tenho febre, não é nada grave. Então continuo aqui esperando que passe.

Mas como nem tudo são espinhos nesta vida, deixo mais umas fotinhos das últimas que tirei.

Orquídeas da minha mãe.

Uma foto bem "artística" para brincar de desfocar.

Hora da leitura.

É isso aí, pessoal! Beijoss

Anúncio

Estou testando vários layouts para ver qual combina mais comigo. Não se assustem!
Kkkkkkkkk
Beijos

domingo, 28 de setembro de 2008

Fim de semana virando sapo

É, porque choveu ontem o dia inteirinho em Floripa City. E hoje de manhã também, só parou agora.

Aproveitei a manhã de domingo para fazer faxina na minha mega-estante do quarto. Dei conta de duas estantes e meia (não é tudo meu, metade da parede é da minha irmã). Tirei um monte de papel, papelzinho, papelzão, que sempre ficam acumulados por lá. Isso é mania de escrever lembretezinho em papel e guardar. É lógico que nunca vou lembrar do que tava escrito lá, a não ser no dia da limpeza como hoje. Hehe!

Ontem dia de igreja e ensaio do coral. Estamos preparando o "Jesus, alegria dos homens", de Bach. Provavelmente para o final do ano. Lindo, me deixa com lágrimas nos olhos. É muito tocante. (Isso quando o coral acerta e canta afinadinho, né? Senão, é de chorar por outro motivo. Rsrsrs).

Depois, pizza em casa com o Rafa, de pura pirraça porque meus pais e irmãos tinham ido no shopping e não esperaram a gente. Huahauaha. Mas também, tava uma chuvaaaa! Não sei pra quê que foram sairrr...

E é isso, povo. Ah! Ontem fui mostrar a câmera nova pro Rafa, daí comecei a mexer nos botões e descobri mais funções que não tinha notado. Vivendo e aprendendo!

Beijos e bom restante de domingo!

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

As fotos

Estas são algumas das fotinhos que tirei com a máquina nova.
Ainda estou aprendendo. Estava acostumada a "apontar e disparar", huahuahua, agora tenho a possibilidade de brincar com foco, abertura, iso, etc. Nem sempre sai o que quero, mas aos poucos as fotos vão saindo melhores.
Esta primeira é testando a função Nightshot, que capta luz sei-lá-de-onde, mas a questão é que não precisa de flash e não fica tremida. Um espetáculo. Ah, daí fica assim, monocromática e esverdeada. Eu amei essa função!

A Nan brincando com os parafusinhos do papai.

Testando o superzoom... que é super mesmo. Hehehe. Surpreendi até o coelho.

Essa eu adorei porque mostra direitinho o fundo desfocado. Sempre tive loucura por fotos com fundo desfocado. E agora posso. Nã nã nã nã...

E esse é meu modelo atual, meu irmão. Brincando com o pára-sol da lente, que tem uma irresistível tendência a ser o primeiro acessório que vou esquecer/perder/sub-utilizar.

Gostaram?

Finalmente

Comprei a câmeraaaa... la la la...

Pena que a lesada aqui não conseguiu baixar as fotos ainda. Dois dias com a máquina e não consegui baixar.
Acho que tem que instalar o cd.
Sei lá, de tarde vejo se consigo.
Mas ela é muito boa!
Já tirei umas fotos com os recursos novos.
Estou amando não depender de flash à noite.
U-húúú!

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Minha irmã está reclamando o pc, então não vou me estender.

Viajei mais esse mês do que o resto do ano: depois de conhecer Curitiba, eis que sábado conheci Lages e São Joaquim, aqui mesmo no Estado.
Sim, sábado conheci São Joaquim, domingo nevou por lá (raríssimo). Coincidência? Azarada? Nããããoooo, que isso...
Mas passei um bocado de frio, isso sim. Ui ui ui ui.
Isso porque aqui em Floripa nem estava tão frio, eu saí de camisa (aquelas de tricoline, fininha) e jaqueta jeans. Ao meio dia, quando não agüentava mais de frio, puxei da bolsa uma blusinha que tinha levado caso estivesse mais frio. Não foi o santo remédio, mas já aliviou bastante.
Pior o Rafa que estava de camisa e paletó. Passou frio a viagem inteirinha, coitado. Ahh, esses praianos... não sabem nada de frio!
Mas foi um passeio bem legal. Ah, o motivo foi ir junto com a banda da nossa igreja, da qual o Rafa faz parte. Eu fui junto para acompanhar, e tirar fotos. Se bem que tinha tanta câmera que até se tornava desnecessário. Hehehe.

E foi mais ou menos isso, devido à pressa não vou pôr fotos hoje, depois faço isso.
Beijosss!

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Em processo de comprasss

Olá pessoas queridas.
Faz uns dias já que não apareço, na verdade é mais falta do que dizer, hehehe.

A grande novidade é que finalmente estou procurando uma câmera para comprar. A marca e modelo já defini, e estou procurando na internet um precinho camarada e um pouco de confiança, o que não é nada fácil. Porque dá aquele frio na barriga pensar em negociar e não receber o produto, coisas assim. Além do mais, puxa, nunca vi vendedores demorarem tanto para responder as perguntas! Baaaah... será porque minha qualificação ainda é zero? Ué, que culpa tenho eu de quase nunca comprar pela internet e ainda por cima ter esquecido a senha da conta anterior? Hahahaha.

Para piorar a situação, nestes últimos dias os preços voltaram a subir... assim, da noite para o dia, literalmente. Porque ontem à noite eu estava dando uma olhada mas decidi deixar para ver hoje com mais calma. E que disse que encontrava as mesmas ofertas hoje? Sumiu quase tudo, e o que não sumiu aumentou de preço um monte! Tudo culpa dos americanos, eles soltam um pum e pronto! O dólar sobe. Huaauahuahaua.

Ai, tomara que consiga. Já desisti de ter minha câmera nova este final de semana, quero pelo menos concretizar a compra antes do sábado. Mas... tá difícil!

De resto: Fiz mais sabonetes, mas não tirei foto. É bem difícil derreter a glicerina, mexê-la, pôr essência e corante, mexer mais evitando que endureça e jogar no molde, e AINDA fotografar. Tudo junto. É, melhor não arriscar, rsrsrs. Mas posso dizer que aos poucos vão ficando melhor e vou arriscando misturas de cores e de texturas. Ahh comprei para os sabonetes uma essência de amora que dá vontade de tomar como se fosse xarope... hhahaha. Que mal!

Ai ai... lá vou eu tentar achar um vendedor de câmeras mais bacana.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Blogagem coletiva: Justiça para Flavia!


Bom dia!
Hoje vim falar de uma coisa diferente.

Vou apresentar Flavia a vocês.

Flavia é uma menina linda, de 20 anos.
Vaidosa, suas unhas sempre estão bem cuidadas, seus cabelos bem arrumados, suas roupas combinadas, brincos, presilhas do cabelo, tudo.
Como todas as moças de sua idade, Flavia também gosta de música. Seu repertório é seleto.
Flavia tem amigos de todos os cantos do Brasil, e também do mundo.

Só há um pequeno detalhe.

Flavia não se mexe, não fala, não anda.

FLAVIA ESTÁ EM COMA VIGIL, HÁ DEZ ANOS.

Em 6 de janeiro de 1998, Flavia sofreu um grave acidente. Aos dez aninhos de idade, brincando na piscina do prédio, seus cabelos foram sugados por um ralo mal dimensionado e mal fiscalizado.
Desde então, ela está em coma vigil. Esse estado se caracteriza por poder abrir os olhos durante o dia e fechá-los para dormir, e ter as funções orgânicas preservadas. Ela se alimenta por sonda, reage a estímulos visuais e auditivos, mas não consegue interagir.
Neurologicamente, seu quadro é estável. Porém, é irreversível.

Sua mãe, Odele, é quem cuida dela. Ela tem este blog aqui , no qual conta um pouco da vida de Flavia, dos cuidados que ela precisa e, principalmente, alerta outras pessoas para o perigo com os ralos de piscinas inadequados ao uso.
O processo que Odele move contra os fabricantes do ralo (que venderam um equipamento inadequado para a piscina em si) e contra o condomínio em que elas moravam na época (responsável pela manutenção da piscina), está hoje em Brasília. Faz dez anos que Flavia espera por uma decisão da justiça. Logicamente, o processo não irá trazer a Flavia o uso de suas capacidades, nem os dez anos perdidos. Mas sua condição inspira cuidados especiais, leia-se não só equipamentos especiais e enfermeira, como também a presença constante da mãe Odele, que não consegue trabalhar. Uma indenização justa se torna necessária, para garantir que Flavia possa levar uma vida "digna".

Flavia perdeu uma linda parte de sua vida. Foi impedida de viver muitas das etapas pelas quais passa toda menina, até se tornar mulher. Pense em tudo que você fez, dos dez aos vinte anos, e você terá uma idéia do que estou falando.

É por isso que blogamos hoje, eu e mais duzentas e setenta e tantas pessoas. Para que nossas vozes e nossas palavras, unidas, sejam o grito que Flavia não pode emitir!

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Creedo! Que coisa horrorosa ficou essa configuração do post das fotos! Não dá pra ler nada!
Hahahahaha
Coisa de INGUINORANTE mesmo...

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Prévia da primavera

Olá!
Num dia de tempo incerto, que não sabe se chove ou não (eu ia sair de guarda-chuva, mas ao chegar na esquina resolvi voltar. Deixei o dito cujo e peguei meu óculos de sol. Para vocês sentirem o drama da situação), mostro umas fotos que tirei das flores lá da fábrica.
São feitas com o supermacro (amo de paixão essa ferramenta!), as florzinhas na verdade não devem ter mais do que 2 cm de diâmetro.


Nestes dias ando bem tranqüila, sem inventar muita coisa. Fico longos tempos na internet procurando coisas interessantes ou vendo o tempo correr enquanto meu pc de velocidade pré-histórica carrega algumas fotos. Ontem inventei um crochezinho assim, descompromissado, só por não deixar passar. Mas me faltaram os detalhes, então outro dia mostro.

Ainda hoje vou ver se faço uns sabonetinhos novos. Hoje mesmo fui no centro e comprei mais glicerina e essências. Vamos ver se sai alguma coisa boa.

Ah! Souberam daqueles pretensiosos malucos que inventaram um acelerador de prótons para simular a suposta explosão que criou o universo? Se não fosse trágico, eu riria um pouco. Mas é sério demais para rir.
Me pergunto: por quê? Ou, para quê? Que benefícios traria gastar 100 bilhões (sim, bilhões) de doletas num trambolho que fica debaixo da terra e que supostamente (porque não se sabe de fato o que vai acontecer) simularia uma explosão de proporções universais.
Minha vida irá mudar por causa disso?
A fome do mundo vai ser resolvida por causa disso?
O mundo irá funcionar melhor por causa dessa exeriência absurda?
Quem quer convencer quem? Porque convenhamos, quem acredita nessa teoria do Big Bang (nada contra quem acredita, eu pessoalmente não acredito) não vai mudar sua vida por causa disso, e quem não acredita provavelmente não vai ser convencido.
Sinceramente, acelerar partículas até que se choquem não me parece nada seguro. Inclusive a experiência está (ou esteve, enfim) em vias de ser cancelada porque cientistas levantaram a possibilidade de que, se o experimento der errado, pode se criar um buraco negro que "engoliria" tudo que se encontrasse por perto, inclusive o nosso já tão frágil planetinha.
Lindo, não?
Aqui mais informações
Aqui também

Assim, eu não tô nem aí para as palavras tranqüilizadoras dos cientistas. Alguém aí viu Eu sou a lenda? alguém se lembra do começo do filme? Do momento em que os cientistas sábios e cheios de si afirmam ter descoberto a cura do câncer? É ficção, eu sei. Mas retrata o perigo de brincar de ser Deus.

Enfim, me estendi mais do que suficiente. Ia postar só para mostrar as flores e no fim acabei discursando. Hehehhe! Bom, tema polêmico é comigo mesma. Huuahuahaua.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Viagem

Oi pessoal!

Então, como disse no post passado, fui a Curitiba.
Eu não conhecia, então foi bom, já que adoro conhecer lugares novos.
Foi uma viagem bem doida, planejada de um dia para o outro em função de uma oportunidade de trabalho que no fim não chegou a sair. Mas valeu o passeio, que foi muito bom e fomos abençoados com um dia bem lindo (tirando a neblina da serra, que faz parte).
Algumas fotinhos das muitas que tirei:

Em plena serra. Dá um friozinho na barriga!

Essa é a basílica de Curitiba, na praça Tiradentes. Enquanto o Rafa fazia as voltas dele, eu esperei na praça, no centro. Tinha feira, comércio, pessoas, prédios... tudo de bom para conhecer.

Foram várias fotos da igreja porque tive tempo suficiente para visitar. As igrejas antigas me chamam a atenção pelo lado artístico, das costruções. Os vitrais então, acho lindos. E a luz suave lá dentro possibilitou que eu experimentasse um pouco. Mas confesso que só me animei a tirar fotos quando vi que dois rapazes, evidentemente turistas também, estavam fotografando. Hahaha!

O interior da igreja também era bem interessante. A luz passava pelos vitrais e criava uns pontos bem lindos. Gostei. 
Ah! A igreja e tudo mais estava aberto porque por estes dias lá em Curitiba se celebra o dia da padroeira, inclusive hoje foi feriado por lá. Foi curioso quando fui comprar umas bolachinhas e a atendente me cumprimentou: "Bom feriado!" e eu com a maior cara de ãh? Hahaha até explicar que era feriado municipal e eu explicar que não era de lá, foi um caso à parte.

Lindas esculturas de arbustos que há no shopping Estação. Esse daqui é um pato (atrás da bromélia, para quem não achou. Tá meio confuso. Hahahaha).
Aliás, que shopping é aquele?!?! Lindo demaisss!
Foi preservada a estrutura da estação de trens, restaurada e transformada em shopping. Mas deixaram lá uma locomotiva e instalaram museus: ferroviário, farmacêutico e outro que não me lembro. Não visitamos, porque era pago e estávamos sem tempo, mas estivemos xeretando um pouco da porta.
E o teto, todo de vidro. Lindo!
Finalmente... a sobremesa. 
Thais, thais... tenho que tirar o chapéu. Conheci a tal de Brunella, e esse bolinho da foto era simplesmente maravilhoso! Aaaah quase morri! Hahahaha.

Saldo da sexta-feira: um passeio muito bom, um namorado cansadaço de dirigir e uns 3 kg a mais. Mas muito bem vividos!

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Novidadesss

Passando rapidinho para contar um pouco do que ando fazendo.

Início do mês sempre é bom... cheio de esperanças. Pelo menos para mim.
Se Deus quiser, em menos de 20 dias estarei com minha câmera nova. Eeeeeee!

Correria de última hora: amanhã estarei em Curitiba. Não perguntem fazendo o quê, nem como, nem por quê. Vou e volto amanhã mesmo e queira Deus que tudo dê certo. Depois conto.

E vejam as fotos deste cidadão. Definitivamente, quero ser que nem ele quando crescer!
Huhauahauaua

Rindo de nervoso.
Ai ai ai.
Se der tempo, amanhã conto. Senão, só domingo.

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Sonhos

Essa noite, ou melhor, essa madrugada, tive um sonho muito esquisito.

Assim, eu sempre procuro entender o porquê de ter sonhado as coisas que sonho. Por exemplo, às vezes é por causa de um filme ou livro que estive lendo antes de dormir, ou de um assunto que estive refletindo (a hora de dormir é muito propícia a essas coisas).
Então, por isso estou matutando isso tudo.

Mas o sonho desta noite não se deveu a nenhum filme ou livro, pelo menos não estive lendo nem assistindo a nada nas horas antes. Pode ser alguma lembrança ou expectativa anterior. A outra possibilidade é a de ser uma mensagem, visto que Deus também pode se comunicar com a gente por meio de sonhos.

Como cristã, creio na Bíblia. Sou uma cristã relativamente nova, não sei quase nada, mas estou sempre tentando aprender, descobrir, desvendar o que Deus nos diz através da Bíblia. A parte das profecias, então, é uma parte que muito me interessa, porque elas dizem muito sobre como será o tempo do fim.
E o tempo do fim está muito mais próximo do que acreditamos que esteja.

Expliquei isso tudo para ir chegar no sonho que tive.
Sonhei que a situação tinha se complicado. Que estavam nos perseguindo por causa do sábado e por causa da Verdade. A tal da intolerância religiosa, que muitos acreditam que esteja superada, quando na verdade está somente um pouco adormecida.
Eu estava com o Rafa e mais algumas pessoas do nosso círculo, e muitos se preparavam para fugir. Não por covardia, não. A vida nas cidades grandes estava vertiginosa demais, tóxica demais, violenta demais, perigosa demais. E intolerante demais.
Nós também tivemos a idéia de fugir. Ir para um lugar mais calmo, mais pacífico. E aproveitar enquanto a liberdade de ir e vir não nos fosse negada. Faziamos isso: procurávamos juntar o que precisariamos, deixar tudo pronto. Não me lembro se no final do sonho estava a 'fuga' em si, só me lembro de explicar para algumas pessoas o que acontecia e arrumar algumas roupas e objetos.
A parte legal é que eu não estava em desespero, não estava nervosa. Pelo contrário: apesar de saber que estava tomando uma decisão praticamente sem volta, sabia que eram momentos bons, mais cheios de esperança do que de angústia, apesar de saber que viriam grandes obstáculos pela frente. Estava numa expectativa quase feliz de que estivesse se cumprindo tudo quando eu acredito.

Gosto de sonhos assim. Me fazem pensar e refletir o que realmente estou fazendo da minha vida.

domingo, 31 de agosto de 2008

Presentes!

Bom dia!
Hoje eu vim para mostrar os presentes lindíssimos especialmente feitos para a minha pessoa, que recebi sexta-feira.Meias (feitas a mão, tá? porque dá licença? eu sou uma pessoa chiquérrima. Hahahaha), gorrinho e um cachecol muito caprichadinho feito especialmente para a Annabelle.

Fiquei bem?

A Annabelle já "causando" com seu cachecol novo.

Bom, esses mimos lindos recebi da Andréa.
É que, como já disse eu sou uma pessoa chiquérrima e ganhei no sorteio que ela fez por ocasião de seu aniversário (ela fez aniversário e eu que ganhei o presente. Uuuuhuuu!)

Ai ai ai... fiquei emocionada. Muito lindo.
Andréa: brigadão mais uma vez e parabéns pelas peças super caprichadas.
Beijossss
Mári

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Sabonetando...

Bonjour, ma chères!
(Miriam, não bate em mim se estiver erradooo!)

Eu sou uma pessoa que, muito embora tente, me sinto incapaz de focar numa coisa só por muito tempo.
Assim, essa semana também me interessei por... sabonetes!

Lasquinhas de glicerina que sobraram (e reaproveitei depois em outros sabonetes).

A glicerina já secando na colher (seca muito rápido!)

Os sabonetinhos prontos.

Assim, me ocorreu a história dos sabonetes na segunda ou terça, daí fui atrás de uns tutoriais na internet e vi que era relativamente fácil para começar. Daí ontem comprei os materiais (achei uma loja óóótima) e hoje pus mãos à massa.
E foi bom, viu? É fácil, agradável de fazer e o bom que depois não é chato de lavar as coisas, é só enxaguar bem, porque o produto já é sabonete mesmo. Hahaha.

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Minha pessoa fazendo caras e bocas no restaurante.
Hahahaha.
Ontem passei um dia de quase sonâmbula, meio que ainda pelo efeito da reviravolta de domingo. Mas também em antecipação ao que viria...

... hoje amanheci com uma dor de garganta daquelas, e no decorrer da manhã ganhei ainda aquela dor de pescoço característica. Agora à noite, calafrios à parte, acho que estou melhor.
Vou tomar um chá e um banho e puft! cama para mim, que estou precisando.

Ah, souberam da "notícia" das duas luas? Que era para estar marte do mesmo tamanho da lua or something? Bom, eu bem que gostei da idéia, mas fui atrás de notícias na internet e acabei descobrindo por a+b astronômicos que não convém detalhar aqui (ok, eu não entendi nem a metade), que é pura cascata.
Pior ainda, que é uma cascata antiga que já foi veiculada em agosto de 2003 e em 2006 de novo.

Hahahahahahaha

Quem disse que os astros não mentem? Eles são uns mentirosos, sim senhora! Hahahaha.
Beijos mas só de longe porque não quero passar estes meus vírus para ninguém.

Em tempo: Agora há pouco estava conversando com meu papai via messenger e ele me perguntou sobre a vacina. Como estávamos com tempo, expliquei os comos e porquês de não me vacinar. Surpresa agradável: acabei ganhando um aliado nessa luta. Cool!

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

E tudo começa outra vez...

Sumidinha básica... sim, de vez em quando acontece. Favor não reparar nesses detalhes.Andei meio perdida, meio desiludida. Ontem choreeeeei com um nó na garganta que não queria se desfazer por nada deste mundo. Ainda bem que tive para me apoiar o ombro mais meigo e doce que se poderia desejar entre os mortais e depois de uma noite tranqüila e um par de resoluções... eis-me aqui outra vez.

Ah tinha esquecido de comentar uma pequena vitória: hahaha safei de ser vacinada mais uma vez... desta vez vieram vacinar na fábrica. A-ha-ha até parece que ia me expor dessa maneira. Para todos os efeitos, tive de mentir que iria me vacinar depois. Jurei não mentir mais, mas era um caso de autopreservação, e além do mais foi só uma meia-mentira: disse que não queria desmaiar na frente de todo mundo, que isso seria um micão (essa parte é verdade) e que iria me vacinar depois, no posto de saúde do meu bairro (isso é mentira). E safei bonito.

Sábado à noite fiquei vendo um filme do qual já tinha escutado falar mas, como não faz muito meu gênero, não tinha me interessado em ver. Mas daí meu irmão locou e eu tava afim de ver um filminho. "Eu sou a lenda" com Will Smith. Gostei, apesar de que não me encarno nesses efeitos virtuais de mortos-vivos tipo Resident Evil. Ah e o disco com o final original não funcionou, então vimos o do final alternativo, rsrs. Mas depois me contaram o outro final e concluí que gostei mais do alternativo mesmo.

E hoje estou assim, começando mais uma segunda feira com um sorriso no rosto e tentando que este não seja apenas aquele sorriso de palhaço, que por dentro é triste. Lá vamos nós.

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Comprasss

Hoje fui no centro, na minha aulinha semanal de francês.
Daí depois disso eu fui procurar uma sapatilha pra mim. Andei procurando, mas não achei assim, nenhuma que me apaixonasse.
Já eram umas 6 e meia da tarde, em breve as lojas iam fechar e nada de achar uma que gostasse. Rumei para uma outra loja que fica um pouco mais longe (e eu de salto, né? Coisa linda. No fim meu pé ficou cheio de bolha). Só que daí, de caminho para a loja, entrei por acaso numa outra. E achei uns megavilhosos allstar em liqüidação! Aaaah fiquei apaixonada... acho que tinha uns 10 modelos, um número diferente cada modelo, ponta de estoque mesmo.
Olhei esse cano longo azul clarinho... olhei, bisolhei... mas decidi ir até a outra loja antes de decidir. Só que na outra loja não tinha nada que valesse a pena e eu só pensando no meu converse quase que piscando pra mim.
Não deu outra! Voltei lá e me apropriei do tênis antes de que mais alguém com pezinhos 37 o visse. Todinho meu! Hahahaha.
Quem precisa de sapatilhas quando tem um allstar novinho?

Ah e agora eu já sei dizer que J'habite dans une maison clair et confortable. Il y a un jardin très àgreable, une cuisine, une salon-salle à manger, une salle de bain et trois chambres. A-há! As aulas de francês estão rendendo! Hahahaha
Beijos da uruguaia-brasileira mais pseudo-francesa que já se viu.

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

Olá!
Só passando para deixar as novidades, que não são muitas mas que enfim, de vez em quando tem.

O final de semana foi de muita música e coral. Para quem não sabe, eu também canto. Ou melhor, faço de conta que canto. Esses dias a menina que rege o coral comentou que de verdade nunca me ouviu cantar e eu pensei comigo 'ainda bem!'. Hehehehe. Mas é gostoso, o pessoal é divertido, as apresentações são muito emocionantes e tudo é feito para Deus, e isso deixa uma satisfação pessoal muito boa. Além do mais, o Rafa é o pianista 'oficial' do coral, e está sempre junto. Ou seja que para mim, estar no coral é também uma maneira de acompanhá-lo.
Então, sexta à noite nos apresentamos num culto de formatura de uma igreja bem menor do que a nossa. Ainda bem que compareceram apenas uns 20 coralistas, porque senão não tinha nem lugar para todo mundo. Apesar de que na hora me peguei cantando outras vozes que não eram a minha, tudo correu bem.
Sábado tivemos um quarteto muito legal como convidado na nossa igreja, eles são de São Paulo e trouxeram uma amiga francesa que está de férias no Brasil e cantou também, e que tem uma voz maravilhosa. Ah o nome do quarteto é Communion. Estavamos convidados (o Rafa e eu) ao almoço de sábado com os anfitriões e o quarteto, o qual foi simplesmente hilário. Muita descontração e um menu de massas (e posteriores sobremesas) realmente delicioso. Muito bom!
À tarde acompanhamos novamente a programação com o quarteto na igreja e depois tinhamos nova apresentação com o coral. Cansaaaados já, mas que nada, não dava nem para pensar em fugir: o namorado foi convocado para sua função de pianista. Mas foi muito bom mesmo, o pessoal é muito legal e as risadas corriam soltas. Sem falar que, depois do dia inteiro, todo mundo estava bem mais solto e as músicas fluíram com uma naturalidade muito maior.
Ontem fomos passear na Barra da Lagoa, que com o solzinho gostoso estava cheia de gente, inclusive de biquininho e até nadando.

Aqui uma panorâmica de cima da pontezinha.

O Rafa molhando o pé (foi o mais perto que chegamos da água, que estava gelaaaada).

Não podia faltar eu.

Pior foi depois da praia, porque a família toda do Rafa ia para um aniversário meio social e a gente foi junto, claro. E eu de camiseta com estampa de porquinho, jeans e allstar, a roupa que tinha saído de casa ao meio-dia! Hahahaha foi muuuito divertido! E uma bela comilança, o aniversário também tava 10. Hahahaa mas eu me controlei porque estou decidida a perder uns quilinhos aqui e ali e reeducar um pouco minha alimentação também.
É difícil, porque quando a gente toma uma resolução assim, aí mesmo é que surgem as 'tentações'. Aaaai e eu sou tão 'formiga'!!!
(Acreditam que durante o almoço de sábado estávamos comentando sobre os doces e o Rafa chegou e falou: 'a Mári é que é formigão'. Queria morreeeeer de vergonha! Rsrsrsrs).

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Reeducação alimentar

Então, junto com o assunto das vacinas, este é meu assunto da semana.

Quer dizer, o das vacinas eu estou estudando e lendo, mas o assunto foi oficialmente encerrado aqui em casa sábado à noite, quando minha mãe pressionou eu e o Rafa dizendo que estamos na faixa etária. "Agora é a vez de vocês, hein?"- disse, num tom de "agora sim não tem mais escapatória, mocinha". Ficou com uma caaara quando eu respondi calma mas firmemente: "Eu não vou me vacinar". Coitada da minha mamys, eu avacalho com ela. Daí ela até perguntou se tinha alguma coisa a ver com a religião (coitada, agora ela pensa que qualquer atitude minha fora do padrão da casa é resultado da religião... enfim). Respondi que não, que a fonte de minhas novas divagações não tem a ver com a igreja. Aliás, ainda nem pesquisei a posição que a igreja tem em relação a vacinas, ou seja que nunca associei uma coisa à outra.
Bom, pensando bem, eu vi os DVDs do chef Julio em casa, acho que já falei dele aqui. Ele alerta contra os remédios e a indústria farmacêutica dizendo que a alimentação correta dispensa o uso de muitos remédios, e ele é da igreja, então, no fim tem a ver sim. Acho que por isso minha mãe pensou que fosse coisa "da igreja ou coisa assim".

O assunto da reeducação alimentar veio meio que em conseqüência. Naquele nosso amigo de longa data que atende pelo nome de Orkut, há comunidades relacionadas de uma coisa e da outra, e é impossível não vincular. Pode procurar essa se quiser ler sobre vacinas, essa se quiser ler sobre alimentação, e essa para informações variadas sobre ambos assuntos. Só para começar, porque a internet toda tem beaucoup de informação sobre ambos assuntos. O problema é tempo para ler. E chance de aplicar as informações recebidas, principalmente quando se convive com várias pessoas e todas de pensamento muito diverso. Mas estou tentando aplicar algumas mudanças à minha própria vida, do jeito que dá. Não é fácil, mas é possível.
Encontrei muitos artigos em relação a leite de vaca, carne, remédios evitáveis, vegetais e grãos que substituem muito bem certos produtos de origem animal, etc. Muitas coisas já tinha escutado pelo chef Julio, outras são novas para mim. Mas é sempre bom se informar, procurar as fontes direitinho e ir atrás. Não ficar com o primeiro que nos ensinam e pronto, é assim que a mente das pessoas é manipulada tão facilmente, porque poucos vão atrás de mais informações.

Artesanato da semana: Andei fazendo uns vestidinhos pras petites, que me encomendaram. Vestidinho e gorrinho, tamanho milimétrico. Um exercício de paciência, mas... ficam tããão fofinhos! Servem para vestir um dedo mindinho adulto, para se ter uma idéia. É mais ou menos o tamanho do corpinho das petites.
É isso aí, beijos e bom final de semana, porque acho que amanhã não vou aparecer por aqui.

terça-feira, 12 de agosto de 2008

Lendo...

... e lendo. Mais e mais.
Eu adoooro ler. Desde criança.
Minha mãe conta com uma expressão de saudade divertida e um pouco de desespero, que até nos momentos de crise (leia-se o dia em que o carro ficou atolado numa rua inundada) eu estava calmamente... lendo.
Distraída na minha leitura, nem notava o que acontecia ao redor. Podia cair o mundo, sempre que meu livro e eu não fôssemos incomodados. Por vezes eu até me vestia lendo, para desespero da minha mãe que tentava vestir meu irmão e me convencer de que já estávamos atrasados. Simplesmente não tomava conhecimento da gravidade da situação, ou de seja lá o que estivesse acontecendo.

Às vezes, ainda sou assim.
Tá bom, não tããão assim. Mas vez por outra encontro qualquer coisa de interessante para ler, bem na hora em que devia estar dormindo. E fico mais de uma hora.

Uma vez, quando tinha uns 11 anos, meu tio me deu um livro muito interessante. Era uma novela sobre a busca de um tesouro escondido, que envolvia almas penadas (aponte uma pessoinha de 11 anos que não goste do assunto. São muito raras), uma casa velha, um poço...
Comecei a ler de noite, sozinha na minha caminha com a lampadinha portátil do meu lado. Todos dormiam quando deixei o livro, apaguei a luz e comecei a deixar o pensamento vagar.
Vagou tanto, que tive de levantar e pedir asilo na cama "grande", porque não conseguia dormir pensando no livro. Decidi só ler durante o dia. Hahahaha.

Bom, tudo isso vem ao caso para ilustrar o enorme interesse que tenho por leitura. Para completar, sou muuuito curiosa. Todo assunto que esteja sendo debatido, do qual tenho escutado pouco ou que vai contra o que conheço me causa curiosidade. Por isso continuo lendo. E esclarecendo, e aprendendo, e melhorando (acredito eu). Por isso estou assim, numa fase bem... leitora.

domingo, 10 de agosto de 2008

Sábado atípico

Ontem foi um sábado bem fora do comum.
Pensando que seria como os outros sábados, em que vamos à igreja de manhã, almoçamos geralmente na minha casa, dormimos um pouquinho e vamos ao ensaio, me levantei e me arrumei.
O Rafa chegou meio atrasadinho. Choviiiia. Entrei no carro.
-Você se lembra de que hoje vamos para Joinville, não?
-Errr... what?!?! Nem me lembrava.
Fui correndo pegar uma muda de roupa para depois. Joinville fica a 2 horas e meia e já estavam nos esperando para sair.

A viagem foi legal, a banda que o Rafa participa foi tocar numa igreja que ainda está em construção. Choveu o dia todo, então nem saímos por aí nem nada. Chegamos bem para a hora do almoço, o pessoal da igreja havia feito um almoção vegetariano tudo de bom para nos esperar.
É de se ver o carinho e o cuidado que as pessoas têm pela igreja que estão construindo. Lindo de se ver, como cuidam e vão construindo aos pouquinhos, instalando isso ou aquilo. A igreja ainda não tem forro no teto, passamos um frio danado. Eles contaram que vão colocar o forro semana que vem. E como gostaram da banda e do quarteto! Foi uma programação simples e muito bonita.

A viagem de volta, bom, já era noite e ainda chovia. Choveu o dia inteirinho. Mas, graças a Deus, chegamos sem problema nenhum. E foi uma experiência muito linda, fomos muito bem recebidos e conhecimos pessoas bem legais.

Na volta, uma grande surpresa. Meu irmão disse que recebeu no celular uma mensagem 'em código' do meu pai, que estava trabalhando no oeste do estado. Dizia qualquer coisa como: "Durmam leve, porque na madrugada posso estar aí". Ri de puro gosto. Isso não é código nenhum! Está claríssimo que ele pegou um ônibus e está vindo para cá, dããã.
Dito e feito: 6h ele chegou. Pegou um ônibus lá no oeste e chegou para passar o dia dos pais conosco. Legal!

Beijos e tenham um bom dia dos pais junto de seus pais, maridos, irmãos, avôs, amigos, etc.